Follow by Email

sejam bem vindos!a este cantinho...

sejam bem vindos!a este cantinho...

domingo, 28 de março de 2010

Só o Ser Humano Pode Perdoar

Só o Ser Humano Pode Perdoar


Só o Ser Humano Pode Perdoar (Pe.José Adriano B. dos Santos)

Você já deve ter ouvido, diversas vezes, a frase: errar é humano, perdoar é divino. Ela nos dá a idéia de que para perdoar é preciso que deixemos de ser humanos.
Mas eu sugiro que pensemos um pouco e descubramos que errar, de fato, é humano, mas perdoar não é apenas uma prerrogativa divina, mas profundamente humano.
Quando tentamos definir o ser humano, deparamos com inúmeras afirmações e controvérsias. Apesar de sermos nós mesmos o objeto de nossa investigação, difícil é chegar a uma definição de quem somos. O que é o ser humano, continuamos a nos perguntar sem cessar. Mas uma coisa não podemos negar, somos um misto de coisas paradoxais: amor-ódio, esperança-medo, desejo-posse. É como nos mostra a parábola A águia e a galinha. Isso significa que parte de nós é fixo, imutável, nós não escolhemos ser, não optamos por ser desta ou daquela maneira. Mas outra parte de nós é mudança, é superação, é transformação, é consciência. Diz-se que toda arte, metade é inspiração, e a outra metade é transpiração.
O que isso tem a ver com o perdão? Pois bem, o perdão faz parte dessa outra metade nossa que é superação, transformação, fruto de um trabalho consciencioso de nossa parte de mudar o rumo das coisas. E é exatamente isso que nos distingue dos outros animais. Só o ser humano é capaz de perdoar, porque só ele é capaz mudar sua vida, de superar-se, não só culturalmente, intelectualmente, socialmente, mas também espiritualmente.
E Deus, também não perdoa? Claro, aprendemos que Deus perdoa, mas Deus não poderia ser de outro modo. Deus não tem outra alternativa a não ser perdoar. Ele não fica com essa angústia de quem foi ofendido como nós. Em Deus não existe angustia, aquele momento que a gente fica parado pensando se perdoa ou não. Ele é pura determinação. E para pensarmos um pouco mais, podemos perguntar: o que poderia deixar Deus ofendido? Nosso pecado? Talvez. Mas acho que eles ofendem muito mais a nós mesmos que a Deus. Em Deus não há espaço para ofensas porque Deus é afirmação absoluta do Bem. Em Deus não existe contradição. O perdão de Deus é expressão do seu ser, por isso o que sai de Deus só pode ser Graça, Amor, Bondade...
Podemos dizer que perdoar é um gesto totalmente humano porque faz parte da nossa evolução. Somente uma consciência evoluída é capaz de perdoar. É capaz de superar a dor da ofensa e decidir não seguir seus instintos e transformar sua natureza vingativa em lugar de manifestação dessa porção divina do nosso ser. Se Deus nos criou, ele nos deu algo de seu, pois todo artista coloca muito de si em sua obra. Ela não fica igual ao criador, mas nela podemos reconhecê-lo.

Nenhum comentário: