Follow by Email

sejam bem vindos!a este cantinho...

sejam bem vindos!a este cantinho...

sexta-feira, 9 de abril de 2010

EXPERIMENTE...


Quando amamos, amamos e ponto final.

O sentimento em si, muitas vezes não encontra razão de ser, apenas é.
E desse abstrato, dessa indefinição, dessa existência tão conturbada, é que imortalizamos esse sentimento, imortalizamos e tornamos seres divinos - os seres amados.
Amamos porque somos humanos, amamos porque nossa alma aspira por isso, amamos porque nos vemos completados e entrelaçados por outros. Amamos porque somos facilmente atraídos para esse sentimento.
Não que o amor seja um algo perturbador e insano, que não mereça ser cuidado, cultivado.
Ele precisa de atenção até, precisa de devoção. E assim, em pequenos passos é naturalmente mantido...
Como uma planta, com as doses corretas de água, mantêm viva, pois sua necessidade está saciada.
Não digo que tenha que ser homogêneo, mas o amor, se um dia virou amor é porque entendeu que era maior do que a paixão, há muito que deixou de precisar de comprovações e tornou-se o sentimento que os poetas amam descrever, e que somos motivados a ter e sentir.

Amo, porque amo. Sou feliz em amar.

O que deturpou o amor, é que ele foi vulgarizado, deixou de ser dito somente quando sentido, e passou a ser profanado.
Numa atualidade em que todos amam à primeira vista, e transformam o que era para ser lindo, em algo descartável.
Quantos ex-amores você tem? Já parou para pensar...?
Por isso, quando há essa certeza, há essa alegria - não mais movida pelas insanidades da paixão, e sim, um sentimento calmo, vivo, e do qual sob forma alguma conseguimos nos separar.
Então devemos conservá-lo, cuidá-lo.
Manter este amor aconchegado, para quando o medo bater, quando tudo não mais estiver na mesma órbita, refugiar-se nele, e ali, sonhar entre a realidade da possivel ambigüidade
Mas, se o sentimento, é um paradigma utópico dessas descrições.
Se a felicidade ainda não bateu a sua porta, se você ainda não sorriu gratuitamente quando olhou àquela pessoa que ama.
Se você ainda não beijou calmamente e rapidamente viu estrelas.
Se você ainda não teve intimidade para chorar e soluçar, não teve coragem de expor-se, então, é porque o seu verdadeiro amor ainda não chegou.
Pois quando ele chegar, você sentirá muito mais do que isso.
Você será alegre-feliz. a

Feliz simplesmente... feliz e risonha... feliz e felizando o amado.Você será, com certeza, uma pessoa melhor, assim como eu e tantas outras por aí...

Nenhum comentário: